ODN I passa por revisão em dique seco

O navio-sonda ODN I, operado pela Foresea, chegou ao Estaleiro Rio Grande (RS).

ODN I passa por revisão em dique Seco

O navio-sonda ODN I, operado pela Foresea, chegou ao Estaleiro Rio Grande (RS), no dia 06 de junho, para uma revisão geral, que inclui limpeza, pintura, manutenção nos sistemas, serviços de tubulação, entre outros. 

A embarcação deve permanecer no estaleiro por pelo menos 60 dias gerando cerca de 700 postos de trabalho nesse período. Desde que iniciou suas operações, em 2012, esta é a primeira vez que a ODN1 faz uma docagem em dique seco.

 

Navio-sonda já interviu em 63 poços

A ODN 1 é uma das cinco sondas próprias de perfuração offshore operadas pela Foresea. Nos últimos 10 anos a unidade atuou em vários campos no Brasil de águas profundas e ultra-profundas. Nesse período a ODN1 interviu em 63 poços. Após o período de manutenção. A embarcação volta a operar em contrato com a Petrobras. 

Com sua tripulação máxima de 180 pessoas, a ODN1 é dotada de sistema de posicionamento dinâmico DP-3 e conta com a tecnologia de perfuração com pressão MPD (Managed Pressure Drilling). A sonda é capaz de perfurar poços produtores, injetores e exploratórios de alta complexidade com segurança e precisão em profundidades de até 12.195m.